Incêndio em ônibus de turismo já tem 45 mortes confirmadas na Bulgária

Pelo menos 45 pessoas, entre elas, 12 crianças, morreram depois que um ônibus de turismo com placas da Macedônia do Norte pegou fogo em uma rodovia na região Oeste da Bulgária, na madrugada desta terça-feira (23). De acordo com informações oficiais das autoridades do país, os passageiros retornavam da Turquia, onde passavam férias. O motorista do ônibus também morreu na tragédia.

Sete feridos foram encaminhados para um hospital de Sofia, capital búlgara, com queimaduras. Segundo boletim divulgado pela unidade de atendimento, os sobreviventes estão fora de perigo. O primeiro-ministro da Bulgária, Stefan Yanev, visitou o local da tragédia nesta manhã e também os pacientes internados. O líder do país lamentou o ocorrido e desejou uma pronta recuperação aos sobreviventes do acidente. 

O ministro das Relações Exteriores da Bulgária, Svetlan Stoev, também prestou condolências aos familiares das vítimas do acidente e garantiu que vai auxiliar na investigação para apurar as causas do fogo: ‘’É grande a tristeza após o acidente que tirou a vida dos cidadãos da Macedônia. Expresso as minhas condolências aos familiares das vítimas e desejo uma rápida recuperação aos sobreviventes! Faremos de tudo para cuidar deles e esclarecer as causas da tragédia. A Bulgária está com os amigos da Macedônia neste trágico momento’’, declarou Stoev.

As autoridades da Macedônia do Norte, incluindo o primeiro-ministro do país, Zoran Zaev, estão na Bulgária para visitar os feridos e obter informações sobre as causas que levaram ao incêndio do ônibus. A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, também manifestou condolências às vítimas.

Compartilhar