Dublin: número de viajantes cresce 54% em aeroporto após reabertura do país

A reabertura da Irlanda para o restante do continente europeu, no último dia 19, provocou uma corrida ao principal aeroporto do país, em Dublin. Entre os dias 19 e 25 deste mês, 151,3 mil passageiros partiram ou desembarcaram no aeroporto da Capital irlandesa. O número representa um aumento de 54% em relação à semana anterior à reabertura, quando 98 mil viajantes haviam transitado, em 297 voos, pelo Aeroporto de Dublin. Os dados foram solicitados pelo Agora Europa e disponibilizados pela assessoria de imprensa do local.

Embora as viagens internacionais tenham aumentado após a reabertura do país, o número atual ainda é muito inferior aos registrados antes da pandemia de Covid-19. O mesmo período, deste ano, é 81% menor do que a semana entre os dias 19 e 25 de julho de 2019, segundo dados do aeroporto.

Reabertura da Irlanda segue recomendação da UE

Desde o dia 19 deste mês, o governo irlandês permite que os residentes da ilha realizem viagens internacionais não-essenciais. O mesmo vale para quem pretende visitar o país. A nova postura do governo irlandês segue as recomendações da União Europeia (UE) para retomada do turismo dentro do bloco europeu, com a utilização de um “Certificado Digital Covid-19 da UE”.

Conforme acordo fechado ainda em maio pelos Estados-Membros, o documento atesta se o viajante está vacinado contra a Covid-19 ou se fez um teste para a doença. Também são aceitos viajantes que tenham contraído e se recuperado da Covid-19 nos últimos 9 meses. Passageiros que desembarcarem na ilha com o “Certificado da UE” não precisaram realizar quarentena.

País está entre os líderes na corrida pela vacinação

Atualmente, a Irlanda está em terceiro lugar no ranking de países que mais imunizaram a população contra a Covid-19. Ao todo, 85,1% dos residentes da ilha já tomaram pelo menos uma dose da vacina contra o vírus. O país fica atrás apenas da Islândia (90,7%) e de Malta (85,6%). Na Irlanda, 70,1% da população adulta (+18 anos) já está totalmente vacinada, segundo dados do Centro Europeu de Controle e Prevenção de Doenças (ECDC, sigla em inglês).

Desde o início da pandemia, 296,6 mil pessoas já contraíram coronavírus na Ilha da Esmeralda, que também contabilizou 5.035 óbitos em função da doença. O número de casos diários voltou a subir em julho, passando de 448 no primeiro dia do mês para 1.408 nessa quarta-feira (28), conforme dados do Sistema Nacional de Saúde irlandês.

Compartilhar