Com atraso, plataforma libera inscrições para até 13 mil bolsas de estudo na Irlanda: saiba os critérios

Com atraso, o Ministério da Educação da Irlanda liberou, nesta sexta-feira (26), o início das inscrições para mais de 13 mil bolsas de estudos gratuitas ou subsidiadas para o Ensino Superior no país. A promessa do Governo, no entanto, é oferecer 17 mil vagas nos próximos dois anos, sendo, ao todo, 11.074 vagas em 332 instituições na plataforma Springboard e 5.891 vagas em 93 cursos no projeto ‘Human Capital Initiative’ (HCI).

As inscrições deveriam ter iniciado nesta quinta (25), no entanto, a plataforma Springboard apresentou instabilidades durante todo o dia, o que impossibilitou o acesso dos candidatos ao site. Nesta sexta, no entanto, a página online do programa ainda apresentava falhas durante o período da manhã, mas voltou a funcionar a partir das 12 horas.

Por meio de nota, a assessoria de imprensa do Ministério da Educação afirma que “Springboard está trabalhando para ajustar alguns problemas na página online ocasionados pelo número sem precedentes de aplicantes nesta quinta-feira (25)”. Por meio da rede social Twitter, a plataforma também publicou uma atualização sobre a disponibilidade de acesso ao site.

Os cursos disponibilizados pertencem a diversas áreas do conhecimento, principalmente voltadas à tecnologia, e incluem inteligência artifical, energia sustentável e segurança cibernética. As inscrições abertas a partir de hoje podem ser acessadas através da plataforma Springboard+.

Os critérios para se candidatar aos cursos

Nesta quinta, o Governo também divulgou os critérios de eligibilidade para as vagas ofertadas. Para se inscrever, é necessário ter residido na União Europeia em pelo menos três dos últimos cinco anos. É preciso ter visto Stamp 4 ou cidadania europeia para estar apto a concorrer a uma vaga. Neste ano, devido à pandemia de Covid-19, foram implementadas 2.129 vagas a mais do que estava previsto inicialmente. O investimento extra é de €10 milhões de euros.

Leia também
– Evento na Irlanda reúne doações para ajudar pessoas em situação de rua no Brasil
– Violência doméstica aumenta 11,4% em Portugal

Saiba mais sobre o programa Springboard+

O programa oferece cursos gratuitos, incluindo nível superior e mestrado, em áreas com maior oferta de emprego na Irlanda. O Springboard é co-financiado pelo Governo da Irlanda e pelo Fundo Social Europeu como parte do programa do FSE para a empregabilidade.

 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.