Cinemas, academias e livrarias: saiba tudo o que reabre na Irlanda no final de junho

Por Cristiano Goulart, de Dublin.

Com o início da Fase 3 de reabertura, prevista para o dia 29 de junho, inúmeros serviços voltam a funcionar na Irlanda. De acordo com a lista divulgada pelo Governo nesta semana, cinemas, academias, cafés e restaurantes já podem reabrir ao público no final deste mês. Estabelecimentos como pubs e bares de hotéis, no entanto, precisam incluir refeições no menu para poderem retomar as atividades.

Templos religiosos também estão autorizados a abrir as portas novamente. Também está permitido o reinício das aulas de direção veicular. Atividades turísticas também estão autorizadas, desde que com uso de veículo particular ou alugado. Museus e galerias estão autorizadas a receber visitantes a partir do dia 29.

Com a nova flexibilização, os estúdios de dança também estão autorizados a reiniciar os trabalhos. O professor de dança, Jorge Santos, pretende recomeçar as aulas presenciais com os alunos no já dia 29. Na academia onde trabalha, as atividades começam a partir do dia primeiro de julho. Jorginho, como é conhecido, afirma que as restrições no uso do transporte público devem afetar o número de alunos nas aulas:

“Muito dos alunos que eu tenho é devido a eles trabalharem no Centro (de Dublin), mas eles muitos moram fora do Centro. Neste momento, nem todos poderão retornar. Com o passar do tempo, esse número deve aumentar para o dobro” – analisa o instrutor.

O professor de dança ainda ressalta que medidas de higiene e distanciamento social serão adotadas, conforme orienta o Ministério da Saúde da Irlanda. O número de alunos também será controlado, reforça Jorginho. Durante a quarentena, o professor promoveu aulas de dança pelas redes sociais, através da página pessoal no Instagram. A interação com os alunos é um dos aspectos que o instrutor de dança mais sente falta, conforme relata:

“(Dar aulas online) É muito diferente porque eu sou uma pessoa muito de contato. A experiência foi bem difícil porque eu estou dançando, tem interação, mas não tem contato físico. Pra mim, como professor, foi bem difícil”, relembra Jorginho.

Saiba também

– Europa: veja os principais países abertos para turismo neste verão
– 17 mil vagas gratuitas para Ensino Superior são anunciadas na Irlanda

A partir do dia 29 de junho, passa a ser permitido aglomerações de até 50 pessoas em locais fechados e de até 200 pessoas em espaços abertos, desde que seguidas recomendações de higiene e distanciamento social.

No transporte público, segue a recomendação de uso de máscaras e controle do número de passageiros. Viagens essenciais devem ser evitadas. O Governo pede ainda que a população evite utilizar o transporte público nos horários de pico.

As viagens internacionais não-essenciais ainda devem ser evitadas. Passageiros que chegam ao país (exceto para quem vem da Irlanda do Norte) devem ficar em quarentena por 14 dias e preencher um formulário indicando o local onde será executado o isolamento social. Ja as viagens dentro do país estão permitidas. No entanto, deve ser priorizado o uso de veículo particular ou alugado, seja este ônibus, carro ou moto.

Veja abaixo todos os serviços autorizados na Fase 3 de reabertura

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.