Covid-19: Holanda limita horário do comércio a partir deste sábado

Novas regras afetam o funcionamento de estabelecimentos comerciais e locais de alimentação, e ainda limitam a realização de eventos no país pelo período de, pelo menos, três semanas. Foto: Canva

Entram em vigor, às 18h deste sábado (13), as novas medidas de restrição impostas pelo governo da Holanda para controlar o avanço da quarta onda de Covid-19 no país. O decreto estabelece horário reduzido para o comércio de produtos não essenciais, que deverão fechar às 18h. Segundo o comunicado, restaurantes, supermercados e farmácias poderão permanecer abertos até às 20h. 

As regras serão válidas por três semanas, até o dia 4 de dezembro, quando a situação epidemiológica terá sido revisada. De acordo com dados divulgados pelo Ministério da Saúde, entre os dias 2 e 9 de novembro, um total de 1.137 pessoas estavam internadas em unidades de tratamento com a doença, o que representa um aumento de 18% se comparado ao verificado na semana anterior. 

Além da limitação de horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais, a determinação é que seja cumprido o distanciamento social onde não seja necessário o certificado de Covid-19, além do uso de máscara. Em locais de alimentação, a apresentação do passe sanitário e ocupação em assentos fixos são obrigatórios.

No que diz respeito à realização de eventos, as normas atuais permitem as reuniões até às 18h, com o documento que comprova vacinação, recuperação da doença ou teste negativo. O número máximo de participantes nessas ocasiões será de 1.250 pessoas. O horário limite não se aplica à apresentações de arte e cultura, como cinemas, teatros e salas de concerto, destaca o comunicado oficial. 

Durante o período de três semanas, não será permitido público  em eventos esportivos, profissionais e amadores. Outra regra é que será permitido receber somente quatro pessoas em casa por dia. O governo da Holanda ainda reforça que o trabalho remoto é essencial, a menos que ‘’não haja outra opção’’ e observa que as empresas afetadas pelas novas regras poderão solicitar apoio financeiro. Os detalhes das medidas financeiras serão anunciados na próxima semana. 

Em setembro, as medidas de restrição da pandemia haviam sido relaxadas em todo o território, mas, seis semanas depois, os governantes reintroduziram o uso de máscara e ampliaram o uso do certificado de Covid-19, diante do crescimento de hospitalizações pela doença nos hospitais do país. Até agora, cerca de 85% da população acima dos 18 anos já recebeu as duas doses da vacina nos Países Baixos.

 

Compartilhar

3 Comments

Não é possível deixar seu comentário no momento.