2023: acesse o guia com os custos de vida em 10 capitais da Europa

Escolher uma cidade ou país para morar exige muito mais do que conhecer os principais pontos turísticos do local para onde se pretende fixar residência. Na hora de trocar de endereço, é fundamental também saber quais são os custos de vida, ou sobrevivência, da localidade. A regra vale tanto para quem já reside na Europa e pretende se mudar, quanto para quem ainda faz cálculos para migrar ao velho continente, mesmo que para fins de estudo.

Neste Guia do Imigrante, com dados de setembro atualizados na plataforma Numbeo*, o Agora Europa compilou os preços médios de inúmeros itens que afetam o bolso de quem mora em 10 capitais europeias. O levantamento, baseado na contribuição de milhares de usuários, vai do preço médio de aluguel ao custo do quilo do arroz branco. Cada cidade conta com dezenas de categorias.

CategoriaPreço médio

*Os preços representam os valores médios gerados a partir da inclusão, na plataforma Numbeo, das informações coletadas por milhares de usuários dos produtos ou serviços mencionados.Os dados presentes neste levantamente foram atualizados no dia 18 de setembro de 2023 às 12h57.

Calculadora de salários

Em muitos países da Europa, as taxas aplicadas aos salários acabam por reduzir consideravelmente o que vai, de fato, para o bolso do trabalhador. Na União Europeia, assim como no Reino Unido, cada país possui regras diferentes para a taxação salarial dos contribuintes. Em muitas oportunidades, o mesmo valor bruto pode sofrer deduções salariais significativas dependendo do país em que o trabalhador atua.

Por isso, o Agora Europa também oferece aos imigrantes brasileiros esta calculadora atualizada (clique aqui) para que quem reside no velho continente possa simular e entender quais são e qual a porcentagem dos descontos aplicados aos salários em 2023

Compartilhar