França realiza show-teste com 5 mil pessoas neste sábado

O grupo experimental será formado por cinco mil pessoas que estarão presentes na Accor Arena neste sábado (29). Outras 2,5 mil pessoas, do grupo controle, assistirão o show de suas casas. Foto: AP-HP

Cinco mil voluntários assistirão ao show da banda francesa de rock Indochine neste sábado (29), no Accor Arena, em Paris. O evento será um teste para determinar os riscos de contaminação pelo coronavírus durante o concerto em um local fechado e com público em pé. Todos os participantes foram submetidos a testes PCR nos últimos três dias e o uso de máscara será obrigatório durante o evento.

Ao todo, mais de 20 mil voluntários se inscreveram para participar. Destes, 7,5 mil foram selecionados: 5 mil para participar experimentalmente no local do evento e outros 2,5 mil para assistirem o show de casa. Após sete dias, os 7,5 mil voluntários serão novamente testados. Dessa forma, os pesquisadores poderão identificar as diferenças no contágio entre os que participaram do show e os que estiveram no grupo de controle.

“Concerto ou ciência? Música ou prevenção? Tudo isso ao mesmo tempo”, definiu Martin Hirsch, diretor-geral da Assistência Pública dos Hospitais de Paris (AP-HP), entidade que comanda o estudo. Para realizar a testagem de todos os participantes, uma grande estrutura foi montada na Accor Arena e 2,5 mil testes diários foram realizados.

Além dos exames, câmeras equipadas com uma tecnologia inovadora de inteligência artificial filmarão a plateia durante todo o show e localizarão os participantes que não estiverem utilizando corretamente suas máscaras. Ainda será adicionado, “um terceiro elemento, a ventilação dos locais com uma ventilação que foi otimizada”, explica a Dra Solen Kernéis, da equipe de prevenção de infecções da AP-HP.

A França reabriu seus museus e teatros no último dia 19, juntamente com os cafés e áreas externas de bares e restaurantes. As casas de espetáculos, no entanto, ainda dependem de testes como o deste sábado para retornarem à vida dos franceses. Um evento semelhante já havia sido realizado no mês de abril em Barcelona.

Na próxima etapa do calendário de desconfinamento francês, está prevista a reabertura das áreas internas de cafés e restaurantes e o toque de recolher será alterado para as 23h. Em 30 de junho, última data do cronograma, deverá chegar ao fim do toque de recolher em toda a França.

Leia mais:
Turismo: Irlanda libera viagens internacionais a partir de julho
Mais de 75% da população adulta da Inglaterra tem anticorpos contra Covid-19
Madri libera entrada de torcedores no jogo Espanha x Portugal

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.