Espanha volta a prorrogar proibição de entrada para viajantes do Brasil

Brasileiros seguem impedidos de entrar na Espanha. Foto: Canva

O Conselho de Ministros espanhol aprovou, nesta terça-feira (29), a 11ª prorrogação das medidas excepcionais de restrição para entrada de passageiros provenientes do Brasil e da África do Sul. Desta vez, a medida será válida até o dia 20 de julho. 

Com isso, a permissão de entrada na Espanha continua sendo autorizada apenas para cidadãos espanhóis ou andorranos, e residentes em ambos os países, nos voos saindo do território brasileiro ou sul-africano. A outra exceção é para passageiros em trânsito internacional para um país fora da Zona Schengen, com uma escala de menos de 24 horas. Nesse caso, os viajantes não podem sair da área de trânsito do aeroporto espanhol. Essas restrições não afetam o pessoal aeronáutico necessário para realizar as atividades de transporte aéreo.

Segundo informe do Ministério da Saúde, o risco de importar casos positivos de coronavírus, de ambos os países, é mais baixo devido as medidas de controle implantadas na chegada à Espanha, mas isso não impede que continuem sendo tomandas precauções extremas. O objetivo é evitar a propagação das variantes brasileiras e sul-africanas do vírus.

“Em qualquer caso, dependendo da evolução da pandemia e das decisões que podem ser adotadas de forma coordenada com a União Europeia, o Ministério da Saúde poderá retirar, por razões justificadas, tais limitações”, informa o departamento.

A medida vem sendo questionada por muitos brasileiros, especialmente os já imunizados com as duas doses da vacina contra a Covid-19, que esperavam a liberação da Coronavac para voltar a viajar pela Europa. A vacina foi liberada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), mas a situação epidemiológica do Brasil, ainda com alto número de contágios, faz com que muitos países da União Europeia ainda não autorizem a entrada de nacionais do Brasil. Na Espanha, os brasileiros residentes no país natal estão impedidos de entrar desde fevereiro.

Portugal

Uma decisão semelhante foi anunciada por Portugal nessa segunda-feira (28). O país prorrogou as restrições aos passageiros do Brasil. No momento, é permitida apenas a entrada de cidadãos com residência ou cidadania europeia, além de situações consideradas essenciais, como reunião familiar, motivo de saúde, estudo ou trabalho. Também foi mantida a quarentena de 14 dias na chegada ao território, mesmo que os passageiros estejam vacinados. As regras, que vem sendo renovadas desde março de 2020, são válidas até 11 de julho.

Compartilhar

2 Comments

Comments are closed.