Espanha inicia vacinação de menores de 50 anos em junho

 

Atualmente, sete milhões de pessoas (15,2% da população) já estão imunizadas com as duas doses da vacina contra a Covid-19. Foto: Canva

A população entre 40 e 49 anos de idade será o próximo grupo a ser vacinado na Espanha, de forma massiva, a partir de junho, com doses da Pfizer e da Moderna. A garantia foi dada pelo presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez, nesta segunda-feira (17), durante o IV Congresso Iberoamericano Ceapi.

A estratégia do governo é encerrar o mês de maio com todos os cidadãos, entre 70 e 79 anos de idade, vacinados com duas doses de um dos imunizantes aprovados pela Comissão Europeia contra a Covid-19, e avançar na quase totalidade dos cidadãos entre 60 e 69 anos, que estão recebendo doses da vacina AstraZeneca e Janssen.

Para seguir com o ritmo acelerado de imunização, segundo o Ministério da Saúde, é preciso sobrepor vários grupos etários. Uma de cada cinco pessoas do grupo de cidadãos entre 50 e 59 anos de idade já recebeu uma dose da vacina Pfizer, Moderna ou Janssen. Por isso o governo espanhol quer agora concentrar-se no seguinte grupo prioritário, os de menores de 50 anos.  Conforme dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) de 2021, os nascidos entre 1972 e 1981 somam 7,863 milhões de pessoas.

A Espanha conta hoje com uma média de dois milhões de doses aplicadas por semana. Cifra essa que deverá subir para três milhões em junho, com a contratação de novos profissionais sanitários para aplicação dos imunizantes.

Ritmo de Vacinação na Espanha

As 17 comunidades autônomas já aplicaram mais de 22, 313 milhões de doses das vacinas Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Janssen contra a COVID-19.

Atualmente, sete milhões de pessoas (15,2% da população) já estão imunizadas com as duas doses contra a nova doença. E mais de 15 milhões de pessoas (32,3% da população) já receberam pelo menos uma das doses aprovadas pela Agência Europeia de Medicamentos.

Doses administradas

Segundo o Ministério da Saúde, a Espanha adquiriu 93 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 para os três primeiros trimestres do ano. Quase a metade delas é do laboratório Pfizer/BioNtech (43,9 milhões).

Meta do governo central

O objetivo do governo de Pedro Sánchez é chegar a 70% da população espanhola imunizada até o final do verão europeu. Para alcançar esta meta, será preciso chegar a 33 milhões de pessoas vacinadas até final de agosto, segundo projeta o Ministério da Saúde.

 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.