Covid-19: Espanha isola região com 210 mil habitantes após novos surtos

Medida impõe restrições mas não interrompe qualquer atividade econômica
Medida impõe restrições mas não interrompe qualquer atividade econômica


O Governo da Catalunha, na Espanha, determinou o confinamento, com bloqueios de entrada e saída, mas sem interromper a economia, a partir deste sábado, 4, para todos os 210 mil moradores da Comarca de Segrià, na região de Lleida (ou Lérida, em português), depois da elevação de surtos isolados de coronavírus nas últimas horas. Desde a reabertura, foi a mais dura medida de volta ao isolamento adotada no país em uma área específica.

No entanto, em junho, o governo da Espanha já alertou que surtos estão dentro do previsto da “nueva normalidad” e que medidas de confinamento seriam adotadas por zona para manter os números controlados. O país chegou a ter no início de abril 961 mortes em 24 horas, mas através do lockdown conseguiu reduzir os números e desde maio e vem mantendo a programação de reabertura com o estímulo ao turismo de segurança no verão europeu.

Quem reside fora da comarca, tinha que sair do território confinado até 16h. Segundo as autoridades de saúde da Catalunha, neste sábado fora registrados mais 155 casos positivos da Covid-19 só em Segrià. A comarca já tem confirmados nove surtos, sendo ao menos quatro deles em empresas de hortifruticultura.

Com a decisão, quem mora em Segrià tem entradas e saídas no território proibidas, exceto por motivos de trabalho. Também não podem mais acontecer reunião com números superiores a dez pessoas, mesmo que seja familiar. A medida ainda fechou asilos e visitas a esses locais. A partir de agora, mais de 200 policiais farão o controle de estradas e rodovias.

Não há oficialmente um prazo para o confinamento isolado terminar. O Conselheiro do Interior do governo catalão, Miquel Buch, já adiantou que ele deve durará um período mínimo de 15 dias a partir deste sábado. As decisões serão baseadas na evolução epidemiológica.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.