Polícia dinamarquesa confirma três mortes após tiroteio em shopping

Um tiroteio em um centro comercial de Copenhagen deixou três mortos e diversos feridos, segundo confirmação da polícia dinamarquesa nesta segunda-feira (4). O crime aconteceu no shopping Field’s, na ilha de Amager, por volta das cinco horas da tarde de domingo (3).

As vítimas são um homem na casa dos 40 anos, além de dois jovens, sendo um rapaz e uma mulher. O suspeito de ter realizado o ataque é um dinamarquês de 22 anos e está sob custódia policial. De acordo com as autoridades, ele foi detido poucos minutos depois, na saída de uma rodovia.  

Inicialmente, a polícia acredita que o agressor teria agido sozinho: “Nossa investigação preliminar continua a indicar que o autor agiu por conta própria. Estamos no processo de uma investigação massiva e muito extensa”, destacou o inspetor-chefe da polícia Soren Thomassen. O policial enfatizou ainda que as averiguações se estenderão pelos próximos dias.

Para auxiliar nas investigações, a polícia dinamarquesa pede que pessoas que estavam no shopping e tenham visto, filmado ou escutado algo durante o momento do crime, entrem em contato para serem ouvidas. Além disso, foi criado um centro de apoio para que familiares recebam notícias e também para que as pessoas tenham auxílio psicológico no complexo esportivo Travbanehallen, em Kastrup.

O centro comercial Field’s publicou uma nota em que classifica como “completamente extraordinária” a situação: “Nossos pensamentos estão com as vítimas deste terrível incidente e seus familiares, assim como todos os funcionários da Field’s e os muitos clientes que visitaram a Field’s hoje”. O local permanecerá fechado até, pelo menos, a próxima segunda-feira (11).

O músico britânico Harry Styles, que está em uma turnê pela Europa com Love On Tour (Amor em turnê, em inglês), iria se apresentar na Dinamarca poucas horas após o tiroteio. O concerto estava marcado para ocorrer na Royal Arena, em Copenhagen, que fica localizada a cerca de 700 metros do centro comercial Field’s, onde o crime ocorreu.

O evento foi cancelado e Harry se pronunciou nas redes sociais lamentando o ocorrido: “Estou com o coração partido junto com o povo de Copenhagen. Eu adoro esta cidade. As pessoas são tão calorosas e cheias de amor. Estou devastado pelas vítimas, suas famílias e todos os feridos. Lamento não podermos ficar juntos. Por favor, cuidem um do outro. H”, escreveu o cantor.

Compartilhar